Agenda 21 Vacaria/RS

mar 03

         A Campanha Dezembro Verde, que aconteceu nos dias 20 e 21 de dezembro de
2014 na Praça Daltro Filho, recolheu 15 mil lâmpadas fluorescentes
queimadas, que estavam estocadas nas residências e no comércio local. As
lâmpadas foram encaminhadas para descontaminação e reciclagem, através
da empresa parceira Amby Service, de Caxias do Sul.

Dia 19/02/15, aconteceu reunião para avaliação da Campanha e
encaminhamento da continuidade das ações para o descarte correto das
lâmpadas no município, com a participação da Prefeitura Municipal, CDL,
CIC, Conselho Regional de Contabilidade, COMDEMA e Fórum Agenda 21
Vacaria.

A nova fase da Campanha será chamada DESCARTE VERDE e conta com apoio
das entidades envolvidas, para produção de material educativo contendo
orientações aos comerciantes sobre a forma de armazenamento das lâmpadas
queimadas (Ecoponto) em cada estabelecimento comercial. O consumidor
também será orientado para entregar sua lâmpada queimada no momento da
compra da lâmpada nova.

Os estabelecimentos comerciais que mantiverem o Ecoponto e encaminharem
as lâmpadas recebidas da população, serão certificados e poderão agregar
valor ambiental a sua marca.

A Secretaria Municipal da Agricultura e Meio Ambiente iniciará, no mês
de março, cadastramento dos estabelecimentos que comercializam lâmpadas
fluorescentes no município e disponibilizará um canal de comunicação e
orientação aos comerciantes e à população. A partir do cadastramento,
ocorrerá a fiscalização das empresas, buscando o acompanhamento da
implantação da logística reversa no município.

Para o final do mês de abril está prevista nova Campanha, em que a
empresa Amby Service fará coleta de lâmpadas nos estabelecimentos de
grande porte e os menores possam entregar suas lâmpadas em local único.
O dia e a logística desta ação será acordado dia 32 de março de 2015, às
18h, no Auditório da CIC, com a presença das entidades, contadores e
comerciantes.

Lembrando que as lâmpadas fluorescentes contêm mercúrio, um metal
altamente tóxicos que traz sérios riscos a saúde e ao meio ambiente.
Enquanto intacta, a lâmpada não oferece riscos. Nunca deve ser quebrada.
Por isso a importância do correto armazenamento.

Conforme o Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA e a Política
Nacional dos Resíduos Sólidos (Lei 12.305/2010), é obrigação do
consumidor devolver a lâmpada fluorescente usada para o local onde
comprou, pois quem comercializa é responsável pelo encaminhamento deste
tipo de resíduo para descontaminação.

Comente

Site by Six Interfaces - Powered by Wordpress